UM NOVO MODELO DE FINANCIAMENTO PARA O ESTADO DO BEM-ESTAR SOCIAL DO SÉCULO XXI

No âmbito das mudanças que ocorrem na economia mundial, as disparidades sociais irão crescer e o Estado precisará adotar um novo modelo de contrato social para lidar com esse problema, tendo em vista as mudanças que ocorrem nas relações de trabalho, com o extraordinário crescimento da parcela dos trabalhadores não abrigados no chamado contrato com carteira assinada, como será ressaltado no texto apresentado em seguida. Dentre as providências recomendadas para lidar com esse problema, destaca-se a necessidade de adotar um novo regime de financiamento da Previdência Social que sustente a atuação do Estado do Bem-estar Social do Século XXI. Não é uma tarefa fácil, mas não podemos para ficar parados frente aos desafios que se apresentam.
O Estudo apresentado a seguir indica um caminho a ser trilhado para avançar na construção desse novo modelo de proteção social. Urge pôr o tema em debate por ocasião dos preparativos para as comemorações do bicentenário da Independência e das eleições gerais em 2022, para prosseguirmos no rumo do Brasil que Queremos.

Para baixar o eBook, clique aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.